separador topo
Cultura
Skip Navigation Links.
print

Arquivo Hippolyte de Baère

Código de referência PT-CMP-DMA/PRI/HB
Título Hippolyte de Baère
Datas 1874-1924
Nível de descrição Arquivo
Dimensões 2 pastas (11 documentos)
Produtor Baère, Hippolyte-Jean-Baptiste de. 1844-1924

 

História administrativa/biográfica

Hippolyte-Jean-Baptiste de Baère nasceu a 3 de novembro de 1844 em Bruxelas. Era filho de Pierre-Jehan de Baère e de Sophie-Justine Obyn de Werbrouck.
Formou-se em Engenharia na sua cidade natal.
Trabalhou em Lyon, Gant e Paris. Em Portugal integrou a equipa de engenheiros responsáveis pela construção do caminho-de-ferro da Beira Alta. Fixou residência no nosso país com a sua esposa Jacqueline-Jenny Mouillera e os seus dois filhos mais velhos.
Foi incumbido pela Câmara Municipal do Porto de proceder aos estudos do projeto do ramal do Caminho-de-Ferro para a Estação Central do Porto que apresentou em 1887.
Em 1893, Hippolyte de Baère deslocou-se ao Brasil para a construção de uma via-férrea em Lindóia. Nesse país contraiu a febre-amarela, doença que o deixou incapacitado para o resto da vida.
Regressou a Portugal. Recebeu a mercê honorífica de Cavaleiro da Ordem Militar de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa (31 de Março de 1890).
Hippolyte de Baère faleceu em 1924 na sua residência em Matosinhos, encontrando-se sepultado no jazigo de família do cemitério de Agramonte no Porto.

 

Âmbito e conteúdo

Correspondência, despesas feitas pela empresa dos Caminhos de Ferro da Beira Alta, passe e vales de pagamento e duas páginas do “Diário do Governo” de 1 de abril e de 9 de agosto de 1890 em que se encontram publicadas as nomeações de Hippolyte de Baère como cavaleiro de ordens militares.

 

Instrumentos de descrição

Catálogo.

 


print
separador footer
 
Optimizado para os browsers: Internet Explorer 7, Firefox 3.5 e Safari 5 ou superiores | Em desenvolvimento pela DMSI (Direcção Municipal de Sistemas de Informação) da CMP
Projecto co-financiado por: