separador topo
Cultura
Skip Navigation Links.
print

Aurélia de Souza

Santo António de Lisboa,

auto-retrato de Aurélia de Souza

 

 

Aurélia de Souza nasceu em Valparaiso, Chile, a 13 de junho de 1866. Com três anos, acompanhou o regresso dos pais a Portugal, instalando-se a família na Quinta da China (freguesia do Bonfim, Porto).

 

Começou por ter aulas de pintura com António da Costa Lima. Já em 1893, ingressou na Academia de Belas-Artes do Porto, onde foi aluna de João Marques de Oliveira. Mais tarde, em 1898, frequentou a Académie Julian, onde foi aluna de Jean-Paul Laurens e de Jean-Joseph Benjamin-Constant. Ali expôs pela primeira vez.

 

Nos três anos seguintes, viajou pela Europa, onde visitou os mais importantes museus. Só regressou a Portugal em 1901. Novamente no Porto, dedicou-se à ilustração, não deixando de expor Sociedade de Belas-Artes do Porto, na Galeria da Misericórdia e na Sociedade Nacional de Belas-Artes (Lisboa).

 

A sua obra apresenta um estilo naturalista muito pessoal, por vezes influenciado pelos realistas, impressionistas e pós-impressionistas. Entre as suas obras, destaca-se o seu Auto-Retrato, considerado como uma das Obras-Primas da Pintura Portuguesa de todos os tempos, exposto no Museu Nacional de Soares dos Reis.

Morreu na Quinta da China, na freguesia do Bonfim, Porto, 29 de maio de 1922.


print
separador footer
 
Optimizado para os browsers: Internet Explorer 7, Firefox 3.5 e Safari 5 ou superiores | Em desenvolvimento pela DMSI (Direcção Municipal de Sistemas de Informação) da CMP
Projecto co-financiado por: