separador topo
Cultura
Skip Navigation Links.
print

Coleções
 

As Reservas dos Museus Municipais do Porto localizam-se na Rua da Maternidade de Júlio Dinis e encontram-se instaladas nas antigas cavalariças da Casa do Campo Pequeno. Acondicionam peças oriundas dos diversos museus, a que se juntam os espólios das seguintes Coleções:

Coleção Vitorino Ribeiro (documentação variada, gravuras, postais, mobiliário, cerâmica, imaginária);

Coleção da Casa Oficina António Carneiro (pinturas, mobiliário, biblioteca);

Espólio do antigo Gabinete de Metrologia da Câmara Municipal do Porto (desativado);

Espólio avulso, proveniente de locais vários, pertencentes ao Município do Porto (Paços de Concelho, Quinta de São Roque da Lameira, Palacete dos Viscondes de Balsemão, etc.).

 

A Coleção Vitorino Ribeiro

Esta coleção surge do esforço de várias gerações da família Vitorino Ribeiro, com especial destaque para os irmãos Pedro Vitorino e Emanuel Ribeiro. Do pai de ambos, o pintor Joaquim Vitorino Ribeiro, já se destacara um núcleo de forte natureza militar, que proporcionou a criação de um museu histórico-militar na cidade do Porto.

De uma forma geral, esta coleção pode ser dividida em áreas distintas:

Pintura – a óleo e pastel, desenho à pena, a lápis, a carvão, aguarelas e águas-fortes, num total de mais de trezentas e cinquenta obras; salientam-se as pinturas a óleo de Joaquim Vitorino Ribeiro, Alice Azevedo, António Costa, Júlio Ramos, Emanuel Ribeiro, Alberto de Sousa, Falcão Trigoso, Joaquim Lopes, Francisco José de Rezende, entre outros;

Escultura – mármore, gesso, barro, altos- e baixos-relevos e uma importante coleção de marfins indo-portugueses;

Mobiliário – de produção nacional, dos séculos XVIII, XIX e XX, destacando-se secretárias, cómodas, mesas de encostar, arcas, bufetes, cadeiras e uma coleção interessante de caixas;

Têxteis – indumentária masculina e feminina dos séculos XVIII, XIX e XX, bem como roupa de casa e bordados do século XIX;

Vidros – composta por objetos de serviço de mesa: copos, pratos, taças, garrafas (algumas de Vinho do Porto);

Pratas – núcleo pouco significativo e de pequenas dimensões;

Arte Religiosa – apresenta diversos Cristos crucificados, de tamanhos variados, Nossas Senhoras de invocações várias e Santos, entre os quais Santo António e São João Baptista; compreende, ainda, relicários, figuras de presépio e variados registos;

Cerâmica e Porcelana – este núcleo é composto por peças de proveniências e épocas diversas: acoleção de Cerâmica, composta por diversos conjuntos (loiça preta de Bisalhães – importante conjunto, de formas e funcionalidades variadas; a loiça de pasta vermelha, com revestimento e sem vidrado; bonecos pintados – numerosa quantidade de exemplares, que se relacionam com as cascatas de São João, as bandas, as procissões e as profissões; pratos, canecas, mangas de botica e jarras – de produção nortenha e datando dos séculos XIX e XX); a coleção de porcelana consta de jarras, serviços de chá, taças, travessas, pratos, figuras soltas, nacionais e estrangeiras, dos séculos XIX e XX); Instrumentos Agrícolas – de cariz etnográfico; Jugos e Cangas – de cariz etnográfico; Lampiões e Candeias – de cariz etnográfico; Numismática – pequeno núcleo de peças, atualmente em depósito no Gabinete de Numismática da Câmara Municipal do Porto, para classificação e estudo; Manuscritos e Impressos – conjunto raro e valioso, de que fazem parte gravuras, estampas, litografias, retratos, diplomas, fotografias, desenhos, projetos arquitetónicos, registos de santos, pergaminhos, manuscritos, autógrafos diversos, etc..

 

A Coleção António Carneiro

Ainda que em depósito nas Reservas dos Museus Municipais do Porto, esta Coleção possui identidade própria, até por estar associada a um espaço autónomo, pelo que foi já descrita atrás.

 

Espólio do Gabinete de Metrologia da Câmara Municipal do Porto

Núcleo composto por peças de medição que pertenciam ao antigo Gabinete de Metrologia da CMP, entretanto extinto.


print
separador footer
 
Optimizado para os browsers: Internet Explorer 7, Firefox 3.5 e Safari 5 ou superiores | Em desenvolvimento pela DMSI (Direcção Municipal de Sistemas de Informação) da CMP
Projecto co-financiado por: