separador topo
Cultura
Skip Navigation Links.
print

Arqueologia urbana

A arqueologia urbana distingue-se e detém uma especificidade que lhe advém não apenas do contexto em que é praticada e dos constrangimentos que lhe são inerentes, mas também do volume de informação que produz, da amplitude dos intervenientes e sobretudo da inevitável interação com a comunidade que vive no território.

 

Trata-se de uma tarefa transdisciplinar uma vez que as cidades na sua dimensão diacrónica, pluricultural e multifuncional, remetem-nos para um estudo composto por uma vasta paleta de domínios de conhecimento que inclui urbanismo, arquitetura, história, antropologia, entre outros.

 

Com as intervenções arqueológicas realizadas no município do Porto, desde os anos 1980, podemos constatar que sob o chão que pisamos quotidianamente são imensos os vestígios que nos documentam a evolução e a ocupação da cidade ao longo dos tempos nas suas mais diversas valências, cabendo à arqueologia em geral e aos arqueólogos em particular o papel fundamental de, no presente, reconstituir o rosto do passado.

 

Escavações Guerra JunqueiroMedalha religiosaLaboratório de arqueologia: identificação dos objectosBilha em louça vermelha (séc. XVII)Desenho arqueológicoPrato em faiança (séc. XVIII)Laboratório de arqueologia: limpeza mecânica de uma moeda


print
separador footer
 
Optimizado para os browsers: Internet Explorer 7, Firefox 3.5 e Safari 5 ou superiores | Em desenvolvimento pela DMSI (Direcção Municipal de Sistemas de Informação) da CMP
Projecto co-financiado por: